Morador da favela da Vila Prudente dá a dica para o Natal

Publicado por Cesar Gouveia - 21/12/15

Desde novo Gilvam sabia que seu dom era cozinhar. Hoje com os avanços tecnológicos ele une a informação à uma alimentação de lugares chiques do mundo em uma cozinha simples e aconchegante

12399262_946930165376080_1672506534_n

Prato pronto para ser servido

O jovem já foi dono de pizzaria na favela e empreendeu em sua própria casa para oferecer aos moradores do local onde mora qualidade, bom atendimento e proximidade. Hoje ainda sem formação ele improvisa na cozinha e já impactou outros meninos

Gilvam tem o objetivo de cursar gastronomia, mas por conta de motivos financeiros o sonho foi adiado. Para este natal o Vozes das Comunidades da Vila Prudente o convidou para oferecer aos leitores uma opção boa, bonita e barata (o famoso BBB). Veja a dica do chef da favela no vídeo abaixo:

Anúncios

Documentário sobre a favela será exibido nesta sexta-feira

Por Mayris Costa - Publicado por Cesar Gouveia - 09/12/15 - 15h50

Depois de centenas de horas de gravação e três anos de contínuo trabalho o Coletivo Eco Informação convida as favelas da Vila Prudente para a estreia do trabalho

Na noite de sexta-feira, 11 de dezembro, acontece a estreia do documentário produzido pelo coletivo Eco Informação. Uma produção inédita com roteiro de Kassia Bobadilla e Cristiano Cardozo. A exibição será na Rua da Igreja, no Centro Pastoral, às 19h00.

12274267_923028431106736_3604558865886748763_n

Divulgação

O Coletivo tem como ponto de encontro para quem não conhece, a rua Dianópolis.

Na sequência a exibição do documentário acontecerá uma premiação a alguns participantes do documentário.

Anotaí!

Documentário História da Favela da Vila Prudente

Quando? Sexta-feira, 11 de dezembro, às 19h00

Onde? Rua da Igreja, no Centro Pastoral – Zona Leste de São Paulo

Grátis.

Festa e espaço reformado

Publicado às 12:40 por Cesar Gouveia

O projeto FUTVIDA Prudente reinaugurou a quadra do Areião promovendo a integração dos alunos com futebol

Após completar seis meses de atuação com jovens da favela da Vila Prudente o projeto promoveu o Festival com apoio de comerciantes locais para mais de 100 pessoas e assim encerrou o ano de 2015.

IMG_6776

Parte dos alunos e participantes do evento de encerramento

Iniciado por notar que a Vila Prudente está com grande demanda de procura por espaços para lazer e esporte três jovens decidiram ocupar a única área de lazer próxima a favela da Vila Prudente com aulas de futebol para meninos e meninas à noite.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com 3 bolas, 30 coletes, 10 cones e uma quadra muito descuidada o projeto recebeu no primeiro dia cerca de 35 meninos e de lá para cá o número de participantes só aumentou. O primeiro professor do projeto, Leandro Silva, 31, considerou que os primeiros seis meses do projeto foram surpreendentes.

“No começo deu um receio de não conseguir atender as expectativas, mas com o tempo chegou o Ivanildo. O número cresceu, mas já tínhamos muitos apoiadores”, disse.

Nesse período o projeto recebeu apoio de muitas pessoas e coletivos que auxiliam diversos projetos no munícipio de São Paulo, dentre eles o grupo intitulado de “Amigos da Várzea”, quando próximo aos três meses encarregou-se de doar chuteiras, bolas, redes e outros materiais esportivos.

O Projeto ficou notadamente conhecido após o fundador Cesar Gouveia iniciar em seu Facebook uma campanha para conseguir mais de 15 pares de tênis para os meninos que não tinham condições de adquirir um. A campanha foi amplamente compartilhada na rede social e recebeu ainda mais apoios.

Ele que também é fundador do jornal comunitário Vozes das Comunidades da Vila Prudente considera o projeto como “o ponto chave para conscientizar os jovens a melhorar na escola, em casa e na rua”, disse. Para ele, ter o apoio de diversas pessoas é fundamental para manter no ano que vem o trabalho que foi feito neste primeiro semestre do projeto.

O evento recebeu visitantes de várias partes de São Paulo, Cleber Cunha compareceu representando o futebol de Várzea, Luis Mendes a escola Noctuam e Leonardo e Lemaestro o Instituto Gerando Falcões, de Poá.

Recentemente, o projeto conseguiu acesso a uma emenda parlamentar da vereadora Juliana Cardoso (PT) que contemplou a reforma da quadra utilizada para as aulas, além da reforma da quadra, será instalado mesas de xadrez e a adequação do gramado ao lado da quadra.

Neste momento, depois da festa que foi feita no sábado, o projeto entra em período de recesso e terá volta em janeiro. Eles pedem que todos cuidem do espaço que está em melhores condições.

Vigário Completa 50 anos de sacerdócio

Por Cesar Gouveia - 27/11/2015 - 15h25

Pessoa muito conhecida na Vila Prudente e em outros bairros Patrick comemorou neste mês 50 anos de sacerdócio, e neste próximo domingo, dia 29

12196096_1079143392105433_462221600281003333_n

Padre Patrick ao discursar em celebração

Quem mora na favela da Vila Prudente com certeza já ouviu falar do Padre Patrick Clarke, que não mora também. Acontece, que este nome não é tão pronunciado à toa. Clarke foi e é muito importante na história da construção da favela mais antiga de São Paulo, localizada na Zona Leste.

A festa em comemoração será realizada na Capela São José Operário, localizada na principal rua da favela da Vila Prudente, a Rua da Igreja. O início será às 9h30.

12112052_1079143532105419_5772104915897302324_n

Sobre Padre Patrick Clarke – Irlandês de coração brasileiro, nasceu em 1937. O padre Patrick é um dos fundadores do Movimento em Defesa do Favelado (MDF) e do Centro de Convivência, Clarke já foi homenageado no Salão Nobre da Câmara como forma de reconhecimento pelos anos de vida que o padre Patrick tem dedicado aos mais necessitados de São Paulo.

Fazedor da Paz – O Centro Cultural Vila Prudente (CCVP), originalmente “Casa da Cultura”, foi criado em 1990 por Patrick. O Centro Cultural é de identidade católica, fruto da caminhada da Igreja nas Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) e da Teologia da Libertação. Localizado na favela de Vila Prudente, Zona Leste de São Paulo.

Mais informações podem ser obtidas no Facebook aqui ou no site do MDF.

Ecocine Favela: Samba – Samba la bande originale du film

Por Cesar Gouveia - 26/11/2015 - 11:25

Na noite de sábado, 28 de novembro, acontece mais uma edição do Ecocine Favela, um evento mensal organizado pelo coletivo EcoInformação, sob o comando do Cristiano Cardoso (Santista).

11202661_886226441453602_876174539173612824_n

Foto: Eco Informação

A apresentação acontece na quadra da Cabeções de Vila Prudente, a partir das 18h00. A entrada é grátis.

O filme que será apresentado é o “Samba la bande originale du film”, da produtora Gaumont, veja o trailer do filme:

Anotaí!

Ecocine Favela

Quando? Sábado, 28 de novembro, às 18h00

Onde? Av. Henry Ford, 200, São Paulo

Mais informações: aqui ou aqui.

Grátis.

Reunião Sobre Audiência Pública da Operação Urbana nos Bairros do Tamanduateí

Publicado por Cesar Gouveia – 27/09/2015 – 8:50

Nesta próxima segunda-feira, 28, às 19h, acontece a reunião com os moradores dos bairros do Rio Tamanduateí sobre a Operação Urbana.

Com objetivo de conscientizar os moradores dessas áreas sobre o impacto que a Operação Urbana tem sobre a vida dos moradores das favelas de Vila Prudente o Movimento de Defesa dos Favelas (MDF) se reunirá com moradores da Viela da Sabesp (Rua Henry Ford), Ilha das Cobras (Rua João Afonso) e Portelinha (Rua Dianópolis com Rua Pacheco e Chaves).

Movimento de Defesa dos Favelados

Na Igreja da Comunidade São José Operário, que fica na Rua da Igreja, na Favela de Vila Prudente.

É importante a mobilização para resistir a um projeto que põe em risco a moradia nessas áreas.
Mais informações: 96847-1173

Menos redução da maioridade penal, mais futebol pra molecada

Por César Gouveia  -  21/07/2015  - 23h30

Jovens deram início a um projeto de futebol para a molecada O projeto encabeçado por Leandro Silva fez seu primeiro treino hoje na quadra do Areião.

Leandro, o técnico do projeto

Cerca de 30 jovens participaram deste primeiro treino que contou com a apresentação de como será administrado o projeto que ainda não tem nome. Para Leandro, o técnico, o projeto vem para que os jovens mais novos que ele tenham algum ambiente para saírem do tédio “vai tirar esses moleques do tédio na favela, sei como é isso, mente vazia não faz coisa boa”, disse.

Um dos jovens – o qual não será revelado o nome por não ter autorização dos responsáveis – disse para o VCVP que “estava cansado de não ter o que fazer à noite”, segundo o  garoto as noites na favela além de não ter o que fazer a não ser jogar conversa fora também não tem iluminação boa pra brincar.

Samuel conversa com a molecada sobre regras do futsal

Uma pessoa que é exemplo para os jovens na favela, Samuel da Silva, compareceu ao primeiro treino e deu um apoio no treino e na arbitragem. Para Samuel o projeto é importante na formação desses garotos “quando eu era mais novo foi um desses projetos que me ensinou muito na vida, é claro no futebol. Será muito bom para esses garotos, Leandro é um cara super do bem e o Vozes das Comunidades da Vila Prudente vem pra apoiar”, enfatizou.

ILUMINAÇÃO DA QUADRA – Não é das melhores, segundo o Gordo, rapaz que cuida eventualmente da quadra já foi tentado outras vezes obter uma iluminação melhor, mas não foi conseguido. Embora tenha-se alguma iluminação, a quadra ainda carece de pelo menos dois refletores maiores para iluminar os extremos.